Eventos


Para quem está ou vai estar no Rio de Janeiro no período de 7 de novembro a 16 de dezembro de 2015, a sugestão é visitar a Exposição Rio Naif, na Galeria Cândido Portinari (UERJ).

Estarão expondo os artistas Alexandre Rosalino, Ana Camelo, Bárbara Deister, Berenice Barreto (Berenic), Dalvan Silva, Ermelinda de Almeida, Juareis Mendes, Helena Rodrigues, Lourdes Ferraz, Luiz Silveira, Noeli Rocha, Sinésio Brandão. 


A curadoria é de Valéria Aquino.



________________________________________

Exposição: "Aquarela de cores" 



Exposição individual de Adriano Dias

Veja o perfil completo de Adriano Dias.


SERVIÇO

Local: Galeria de Arte Antonio Sobreira

Endereço: Praça Antônio Guedes, S/N, Centro – Guarabira (PB)

Data: 23 de agosto a 19 de setembro de 2013

Entrada franca

- - - - - - - - - - - - - - - - -

Veja cobertura da exposição: "Aquarela de Cores"


 ________________________________________

Exposição: "Mostra Santos e devoções" 


Museu Internacional de Arte Naïf do Brasil – MIAN

Data: 13 de julho a 23 de dezembro de 2013

SERVIÇO

Horário de Funcionamento:

De terça a sexta, de 10h às 18h.
Sábados e domingos, de 10h às 17h.

Rua Cosme Velho, 561 - Cosme Velho
22241-090 Rio de Janeiro

TEL: (21) 2205-8612
Email:
mian@museunaif.com.br


Link para maiores detalhes abaixo:

"Mostra Santos e devoções" - MIAN

________________________________________


Exposição: "Pater Fili: A arte de gerações"




Nilson Pimenta e Valques Rodrigues: Pai e filho expõem juntos arte naif de Mato Grosso

SERVIÇO

Museu do Morro da Caixa D´Água velha

Endereço: Rua Comandante Costa, s/n, Cuiabá (MT) - Brasil

01 a 30 de agosto de 2013

Cel. (65) 9607-6491 ou (65) 9309-8879

Entrada franca


Maiores detalhes:
"Pater Fili: A arte de gerações"

________________________________________

Exposição: "Mostra Naif do Grupo Cores da Terra"


 
A exposição está em cartaz na cidade de Campo Grande (MS).

Local: Morada dos Baís

Centro cultural localizado à Avenida Noroeste, 5140 (esquina com a Av. Afonso Pena).


Informações: (67) 3314-3693
 
Maiores detalhes abaixo:
 
Mostra Naif do Grupo Cores da Terra



________________________________________

Exposição: "Naifs Brasileiros de Hoje"





Artistas:

Ana Camelo, Berenic, Dalvan S. Filho, Ermelinda, Helena Coelho e Helena C. Rodrigues.

 
Centro cultural do Tribunal Regional do Trabalho

Av. Pres. Antônio Carlos, 251, Térreo - Centro - Rio de Janeiro

07 de março a 01 de abril/2013

Seg. a sexta das 10 às 17h.

Cobertura da exposição no link abaixo:

http://artenaifrio.blogspot.com.br/2013/03/exposicao-naifs-brasileiros-de-hoje-no.html


________________________________________


Exposição: Coletiva Conexão Criação
Realização: Fundação de Cultura do Governo do Mato Grosso do Sul







Data: 06/dez/2012 a 15/fev/2013

Local: Memorial de Cultura e Cidadania

Endereço: Av. Fernando Correa da Costa, 559 - Centro - Campo Grande - MS

Horário: Segunda a sexta - das 7h30 às 17h30
ENTRADA FRANCA

Veja mais sobre os
artistas expostos.



________________________________________

Exposição:

Abertura do Salão de Artes Visuais do SESC – Paraíba 03 / agosto / 2012

19 hs

Av. Cabo Branco, 2788

Cabo Branco - João Pesso - PB





_________________________________________





_________________________________________
Exposição:

“Meu Padinho Padre Cícero – Em cada casa um oratório, em cada quintal uma oficina

Local: Espaço Memória do Centro Municipal Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas

Endereço: Campo de São Cristóvão s/nº.  Pavilhão de São Cristóvão - São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ

Visitação pública: de 19 de junho a 19 de agosto
Funcionamento: terça, quarta e quinta-feira, das 10h às 18h. Sexta, sábado e domingo, das 10h às 22h.

Classificação: livre.
Entrada franca.

Curadoria: Emanoel Araújo - Diretor-curador do Museu Afro Brasil


Mais detalhes: http://artenaifrio.blogspot.com.br/2012/06/exposicao-meu-padinho-padre-cicero.html

___________________________________________________________
Exposição:

“Teimosia da Imaginação - Dez Artistas Brasileiros”



Data: 29/03 a 13/05/2012
Local: Instituto Tomie Ohtake
Av. Faria Lima 201, entrada pela R. Coropés, 88 – Pinheiros - SP
Telefone: (11) 2245-1900
Horário: Terça a domingo, das 11h às 20h.
Gratuito
Realização: Instituto do Imaginário do Povo Brasileiro
Mais detalhes: tvcultura.cmais.com.br/teimosia/a-exposicao/a-exposicao


_________________________________________

Exposição:

“O Colecionador”

Data: 03/03 a 30/03/2012
Vernissage: 03/03, das 12h às 16h
Local: Galeria Jacques Ardies – Rua Morgado de Mateus, 579 – Vila Mariana

Telefone: (11) 5539-7500
Horário: de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h30; sábado, das 10h às16h.

Contatos:
Assessoria de Imprensa - Eduardo Shor: (11) 7747-4782
Jacques Ardies: (11) 5539-7500


Arte Naif Com Obras Raras De Autores Inesquecíveis


A Galeria Jacques Ardies abre a sua temporada de 2012 buscando se inspirar no passado, mas sem perder o olhar para os valores atuais da arte naif brasileira. Assim, entre os dias 3 e 30 de março, 40 obras emblemáticas do estilo produzidas por 12 artistas nacionais entre os anos 1960 e a primeira década deste século ganharão uma exposição exclusiva, chamada “O Colecionador”.

“A mostra recebe esse nome por envolver uma intensa pesquisa; o resgate de quadros difíceis de encontrar; e uma preocupação em recuperar, por meio de um trabalho de restauração, obras que se encontrava em estado precário”, diz Jacques Ardies – organizador da coletiva e que, por estar há 30 anos à frente da Galeria, tornou-se ele mesmo uma fiel testemunha da evolução do estilo naif no país.

A avó da arte naif brasileira

Os três anos em que Ardies passou garimpando as obras para a exposição “O Colecionador” renderam ótimos frutos. Um deles são os quadros da artista carioca Silvia de Léon Chalreo (1905-1987), uma das primeiras artistas nacionais ligadas ao modernismo a se destacar na pintura naif e a conquistar a receptividade dos meios intelectuais. Extremamente sensível, o trabalho de Silvia privilegia o dia a dia nas praias, nos parques de diversões e nos subúrbios, tendo sido exposto nos EUA e em vários países europeus. Considerada a “avó da arte naif brasileira” Silvia foi bastante requisitada pelo Itamaraty para representar culturalmente o Brasil em eventos internacionais.

Outra artista que entra na mostra é a piauiense Elisa Martins da Silveira (1919-2000), que tem quadros extremamente difíceis de serem encontrados no mercado de arte em geral. Os temas mais frequentes da pintora são as festas populares nacionais, às vezes como reminiscência de sua vivência nordestina, que ela transporta para as telas, a exemplo do carnaval e das festas do chamado ciclo junino.

Espaço também para os fãs da tapeçaria

Além dos quadros, há espaço inclusive para a tapeçaria, com o trabalho da artista francesa naturalizada brasileira Madeleine Colaço (1907-2001), considerada a grande dama da tapeçaria brasileira que realizou inúmeras exposições fora do país.
Entre os temas das obras da exposição, encontram-se também o folclore brasileiro, colheitas, autorretratos, paisagens, circos e alusões ao candomblé.

“Essa história é muito rica. E o melhor de tudo é que as novas gerações de pintores são muito criativas e originais, reservando-nos ainda grandes talentos a serem descobertos”, prevê o curador da exposição, que faz da divulgação dos artistas naifs brasileiros a sua missão.

Participam da mostra “O Colecionador” também os pintores, Holmes Neves (1925-2008), Elza O.S (1928-2007), Ivan Moraes (1936-2003), José Pinto (1932 – 2008), Miranda (1907-1985), Paulo Wladimir (1944), Rosina Becker doValle (1914-2000), Ivonaldo (1943) e Lia Mittarakis (1934-1998)

Sobre a Galeria Jacques Ardies

Desde 1979, são muitas exposições individuais e coletivas organizadas pela Galeria em seu próprio espaço e em outros locais, como por exemplo, La Maison de l’Amérique Latine (Mônaco), a Galerie Jacqueline Bricard (França), a GinaGallery (Israel), o Museu de Arte Contemporânea de Campinas (SP) e o Museu de Arte Moderna de Goiânia (GO).

Imagem:

A Banda - Elisa Martins da Silveira

Fonte: www.comuniquese.com.br

_____________________________________________________________________




Victor Arruda e José Augusto Silveira (IIAN)




_____________________________________________________________________


Arte naif do pintor Waldomiro de Deus continua em exposição no Pelourinho
30/11/2011

Foto: Valdemy Teixeira

A exposição do pintor baiano Waldomiro de Deus, que comemora os 50 anos de pintura do artista, permanece disponível para visitação gratuita até o dia 7 de janeiro, no Centro Cultural Correios, no Pelourinho.

Na semana passada, amigos e admiradores prestigiaram a abertura da mostra, que teve como anfitrião o próprio pintor, nascido em Itagibá, interior da Bahia, e que atualmente se divide entre São Paulo e Goiânia. O proprietário da famosa Cantina da Lua fez questão de cumprimentar Waldomiro, assim como o artista plástico e crítico de arte César Romero.

A exposição, que conta com a curadoria do crítico Enock Sacramento, reúne 30 obras pintadas nas décadas de 60, 70, 80, 90, e nos primeiros anos do novo milênio. A mostra revela um universo pictórico rico que inclui recriações da natureza e da vida cotidiana do povo brasileiro até grandes tragédias nacionais e internacionais como o ataque às torres gêmeas de Nova York; o atentado terrorista a uma estação de Madri; o recente tsunami que atingiu o Japão; e o acidente ocorrido na construção da Estação Pinheiros do Metrô de São Paulo.

Waldomiro de Deus é um dos pintores brasileiros mais conhecidos no mundo e sua obra está presente em numerosas coleções particulares e oficiais de diversos países. No Brasil, integra os acervos da Pinacoteca do Estado de São Paulo, do Museu de Arte Brasileira da FAAP, Museu de Arte Contemporânea da USP, Museu Edson Carneiro e de muitas outras instituições culturais.

Fonte: www.noticianahora.com.br
_____________________________________________________________________

Mostra de arte naïf Macc vai até domingo

A mostra de arte naïf Com Açúcar e Com Afeto, que está sendo realizada no Museu de Arte Contemporânea de Campinas (Macc José Pancetti), termina às 13h do próximo domingo, dia 21 de agosto de 2011.

Desde sua abertura, em 1º de julho último, até as 15h30 desta quarta-feira, 17 de agosto, a exposição já foi visitada por 1.637 pessoas. Na quinta e na sexta, a mostra fica aberta das 9h às 17h; no sábado, das 9h às 15h e, no domingo, das 9h às 13h.

A exposição é composta de 36 pinturas e aborda o estilo naïf (ingênuo, em francês), e abordam principalmente a exploração das lavouras de cana de açúcar, desde o plantio até as usinas. Os trabalhos integram o acervo do Museu Internacional de Arte Naïf do Brasil.

O evento é fruto de uma parceria entre a Prefeitura de Campinas, por intermédio da Secretaria Municipal de Cultura, Secretaria Estadual de Cultura, Sistema Estadual de Museus e Associação Cultural de Amigos do Museu Casa de Portinari.

Avenida Anchieta, nº 200 – Campinas - SP – CEP: 13015-904 — PABX: (19) 2116-0555

Fonte: Prefeitura municipal de Campinas