segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Alba Correia


Foto: Inacio Correia

Alba do Nascimento Correia, alagoana, começou suas atividades artísticas em Manaus com Giselda Ribeiro. Em Maceió, freqüentou a escola Rosalvo Ribeiro com o professor Lourenço Peixoto, grande talento alagoano. Em Aracaju, nos anos 70, recebeu orientação do mestre Eurico Luiz.

Suas obras plenas de simplicidade e franqueza, além da ingenuidade e espontaneidade que lhe são peculiares, caracterizam-na como uma artista de estilo Naif. Com ele, abriu uma série de individuais começando em Aracaju na Galeria Álvaro Santos até participações em grandes salões como XXV Salão de Arte Moderna no Rio de Janeiro, I e II Salão de Arte Global de Pernambuco, além de importantes coletivas, entre elas, duas participações com artistas brasileiros no Peru.

Seus Jardins são muito admirados por poetas e pessoas sensíveis de um modo geral, graças à singeleza e capacidade de transportar as pessoas para um mundo de sonhos e paz.

Alba retrata em suas telas a natureza de um mundo de magia e encanto nos levando para essa realidade tão desejada.

Atualmente, residente em Maceió, Alba divide seu tempo entre a pintura e a lida com as flores naturais, sua eterna paixão, nas duas lojas de sua Floricultura AneRose. Também o cultivo de folhagens e flores tropicais em sua chácara à beira da lagoa Manguaba, são responsáveis pelo belo trabalho que concretiza nos jardins que oferece em suas telas.

Sua dedicação às flores naturais levaram-na a completar sua formação pela Escola de Arte Floral Ibero Americana de onde é diplomada.