segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Magdalena Zawadzka

(Varsóvia, Polônia, 1937)

Entre 1957 e 1969, criou bonecos para o teatro de fantoches de Gdansk, foi diretora artística da Cooperativa Intrografia de Arte (Varsóvia) e executou painéis pintados à mão na cooperativa de artistas plásticos “Wzor”. Mudou-se para a Itália, onde fez as primeiras individuais em galerias de arte de Roma e Gênova.

Ao migrar para o Brasil em 1975, Zawadzka apaixonou-se pela exuberância das cores das florestas e dos animais, transferindo de imediato para suas telas todo o fascínio que a paisagem tropical lhe provocara.

Em 1997, mudou-se para Nova York (EUA), obtendo a cidadania norte-americana. Sua obra figura no Dicionário dos Artistas Plásticos de Varsóvia, Dicionário de Naif Italiano, Catálogo Geral da “Prima Bienale Nazionale d’Arte Naive e Populare”, de Roma.